APARIÇÕES DE JACAREI 25 ANOS DE GRAÇAS

APARIÇÕES DE JACAREI 25 ANOS DE GRAÇAS
APARIÇÕES DE JACAREI 25 ANOS DE GRAÇAS

segunda-feira, 15 de maio de 2017

VIDA DE SANTA APOLÔNIA



Conhecida como a padroeira dos dentistas e dos que sofrem dos dentes, Santa Apolônia viveu no império romano por volta do ano 249. Era filha de um rico magistrado e vivia na cidade de Alexandria, no Egito. Sua história foi contada em cartas por São Dionísio, que, na época, era o Bispo de Alexandria. O imperador Décio, um dos mais cruéis perseguidores dos cristãos, era quem dominava a região naquele momento. Ela foi capturada durante as perseguições e obrigada a renunciar sua fé cristã, mas se negou.
Por sua coragem e fé, foi torturada em praça pública. O povo assistiu Santa Apolônia ter os dentes arrancados com pedras. E, mesmo com os dentes quebrados, ela não renunciou sua fé em Jesus Cristo. A convicção de sua fé fez com que os carrascos quebrassem sua face com pancadas. Após isso, foi condenada à morte. Preferindo morrer a abandonar sua crença, ela se jogou na fogueira, mas foi protegida por Deus. Ao ver que Apolônia escapou sem nenhuma queimadura, muitas das pessoas presentes se converteram.
Ela então foi morta com golpes de espada e teve a cabeça decepada. No mosteiro de Santa Apolônia, na Itália, foram guardados um dente e um pedaço da mandíbula. A canonização da Santa aconteceu no ano 300. No dia 9 de fevereiro é realizada a sua festa litúrgica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário